Blackmagic Micro Cinema em Ben-Hur

A Blackmagic Design anunciou mais uma vez que suas câmeras Micro Cinema foram utilizadas em um filme, a bola da vez é Ben-Hur, uma releitura dos clássicos de 1925 e 1959, sendo que o último faturou “apenas” 11 Oscars à época.

O responsável pela utilização das câmeras foi o diretor de fotografia da segunda unidade, Sergei Kozlov. Logo na sequência de abertura do filme já é possível ver planos gravados com as câmeras.

A cena começa com um plano aberto do futuro Circus Tiberius, o estádio onde ocorrerão as corridas de carruagem. E então volta para oito anos antes, quando o Circus ainda estava em construção.

Na sequência vemos Judah e Messala disputando uma corrida de cavalos entre as perigosas curvas da construção e levando a competição a níveis extremos, o que ajuda a apresentar ambos à audiência.

Toby Kebbell plays Messala Severus and Jack Huston plays Judah Ben-Hur in Ben-Hur from Paramount Pictures and Metro-Goldwyn-Mayer Pictures.

Paramount Pictures and Metro-Goldwyn-Mayer Pictures.

Como os dois atores de Judah e Messala eram muito bons na montaria, o diretor quis utilizá-los em boa parte da sequência inicial do filme. O diretor Bekmambetov queria planos o mais próximos possível para capturar a emoção e intensidade dos atores.

“Foi daí que veio a ideia de utilizar câmeras pequenas. Elas precisavam ser pequenas o suficiente para que o dublê montado em um cavalo à frente dos atores pudesse segurá-las em suas mãos ou para que fosse possível montá-la em algum estabilizador ou MōVI. Assim o dublê conseguiria bons planos dos rostos dos atores enquanto eles estão montados.” disse Kozlov.

Para estes planos o dublê usou um MōVI com uma Micro Cinema Camera apoiados por um Easyrig, enquanto Kozlov operava a câmera do chão segurando um sitema de controle MIMIC com um monitor em suas mãos para manter o estilo de câmera na mão.

“Para um estilo ainda mais agressivo colocamos uma lente Rokinnon 7.5mm MFT na Micro Cinema e demos ao dublê, ele nos deu alguns bons planos apenas esticando o braço e apontando direto para o rosto do ator.” disse Kozlov.

Para conseguir capturar ainda mais ângulos, Kozlov e seu time colocaram algumas Micro Cinema embaixo e nos cavalos, enganchando-as em tiras embaixo deles nas laterais da sela.

“Além do desafio e ângulos novos, Timur também queria que estes planos tivessem qualidade cinematográfica, então eu estava evitando aquele sentimento que grandes ângulares causam. A cena de abertura é durante o dia e gravamos tudo com a luz do Sol. RAW foi essencial para conseguir o maior alcance e manter todas as highlights no céu e nuvens. As Micro Cinema possibilitaram essa gama dinâmica maior, gravação em RAW e a utilização de lentes MFT.” conclui Kozlov.

O vídeo a seguir dá a possibilidade de uma viagem 360º durante a corrida em Ben-Hur.:

Alguns “behind the scenes” do filme:

A matéria completa pode ser conferida clicando aqui.

Deixe seu comentário

comentários

Tagged under: ,

Pin it

Graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos, já passou por diversos ramos da comunicação e atuou no Brasil e Canadá. Atualmente trabalha em São Paulo onde executa as funções de filmmaker e editor.

Back to top
[i]
[i]