Conheça a Panavision 8k DXL

A Panavision, Light Iron e RED uniram forças para trazer uma das grandes novidades em câmeras este ano. A 8K DXL conta com corpo e óptica Panavision, um sensor  e consequentemente fluxo de trabalho 8K RED  e a tecnologia de cores da Light Iron.

De acordo com Kim Snyder, CEO da Panavision, a câmera é uma resposta a alta demanda por cinematografia digital em grandes formatos:

“Nossa gama incomparável de lentes de grande formatos e anamórficas têm sido muito popular nesse ressurgimento da captura em formatos maiores, e com a Millenium DXL os diretores de fotografia agora podem capturar mais de 20 megapixels de imagens anamórficas verdadeiramente 4K.”

No coração da DXL há um processo de mapeamento da imagem chamado Light Iron Color que trabalha de forma integrada ao sensor 8K desenvolvido pela RED e com as lentes de grande formato da Panavision. A ergonomia e sistema de refrigeração foram levados a sério para otimizar e facilitar a vida das equipes de produção. O sistema inclui gravação simultânea em 8K RAW e arquivos 4K (ProRes ou DNx), isso permite a edição direta em qualquer software com suporte para os formatos.

Para Jarred Land, Presidente da RED Digital Cinema, a colaboração com a Panavision é:

“…o próximo passo para a indústria. A RED empurrou a indústria do cinema para a captura de imagem em arquivos RAW há uma década, mas a Panavision tem sido reconhecida por sua óptica e engenharia por mais de 60 anos. Juntamente com a Panavision e a Light Iron, nós estamos moldando o futuro do cinema de grande formato.”

Você pode conferir o anúncio oficial clicando aqui.

RED e Panavision

A Light Iron é uma empresa da própria Panavision, portanto, é natural a integração de ambas. A Panavision por sua vez tem na óptica um dos seus pontos fortes, isso pode ajudar a explicar o motivo dela e da RED terem unido forças para construir a DXL, teoricamente as duas seriam concorrentes (a RED com a Weapon 8K e a Panavision com a DXL).

No entanto, vendo a atuação de ambas é possível notar diferenças em seus nichos de mercado. A RED está presente desde pequenas produções até longas de grande orçamento, já a Panavision além da óptica consolidada tem a DXL voltada exclusivamente para grandes produções, a câmera parece ser uma concorrente para a Arri 65.

Panavision e Grandes Formatos

Uma postagem da Definition Magazine cita que Mike Most teria comentado no fórum RedUser sobre a intenção da Panavision de lançar uma câmera digital em grande formato. Segundo ele, foi criado um setor de desenvolvimento interno na empresa por volta de 2010, mas o esforço acabou não rendendo um produto final por causa de gargalos no desenvolvimento. Segundo as palavras de Most:

“Unbeknownst to many Panavision had an internal program to develop a large format digital camera for most of the last four or five years. The product was never completed, and ultimately some key development team members left. From what I see, this camera might be a reworking of that intended internal product (hence the packaging and optics) finally brought to market via a deal with Red to solve the sensor, recording, and workflow issues.”
— Mike Most, RedUser Forum

Em livre tradução:

“Desconhecido para muitos é o fato da Panavision possuir um programa de desenvolvimento interno para uma câmera digital de grande formato pelos últimos quatro ou cinco anos. O produto nunca foi finalizado e alguns membros importantes do time acabaram saindo. Parece que essa câmera possa ser um retrabalho daquele produto interno pretendido (consequentemente o corpo e ótica) finalmente chegando ao mercado através de um acordo com a RED para resolver questões de sensor, gravação e fluxo de trabalho.”

É bom deixar claro que apesar de fazer sentido, não foi possível encontrar nenhuma confirmação oficial da Panavision sobre este projeto que não teria dado frutos à época.

Algumas das características da DXL são:

  • Sensor 8K RED proprietário.
  • Otimizado para lentes de grande formato da Panavision, incluindo as Primo 70 com motores wireless.
  • Entrega 21 megapixel em 4K.
  • Pensamento ergonômico buscando entregar uma câmera mais leve.
  • Fluxos de trabalho em 8K e 4K otimizados e nativos.

Especificações técnicas

  • Sensor
    16-bit, 35.5 Megapixel CMOS
  • Resolução
    8192×4320
  • Tamanho do sensor
    40.96mm x 21.60mm (diagonal: 46.31mm)
  • Dynamic Range
    15 stops
  • Frame Rate
    60qps a 8K Full Frame (8192×4320)
    75qps a 8K 2.4:1 (8192×3456)
  • Codec de gravação
    8K RAW com gravação simultânea em 4K (ProRes ou DNx)
  • Mídia de gravação
    SSD (até uma hora de gravação)
  • Tipo de arquivo
    .r3d (suporte para RED SDK)
  • Perfil de cor
    Light Iron Color
  • Peso
    10 lbs ou aproximadamente 4,5kg

Outras características

  • 6 saídas independentes de vídeo
  • Suporte para 6 LUT’s 1D independentes ou até 4 LUT’s 3D
  • Controle wireless das lentes Primo 70
  • Timecode wireless nativo para genlock
  • Menu duplo (Lado do operador e lado do assistente)
  • Sistema de gerenciamento de temperatura
  • Acessórios fáceis de serem alterados

A câmera estará disponível para locação a partir do começo de 2017 segundo o próprio site da empresa. Ela é parte do processo de consolidação do cinema digital e gravação em grandes formatos, resta saber como o mercado de alto nível a receberá, as expectativas são grandes! Além, é claro, de ver o que alguns dos diretores de fotografia mais talentosos do mundo farão quando botarem as mãos nesta belezinha.

Deixe seu comentário

comentários

Tagged under: , , ,

Pin it

Graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos, já passou por diversos ramos da comunicação e atuou no Brasil e Canadá. Atualmente trabalha em São Paulo onde executa as funções de filmmaker e editor.

Back to top
[i]
[i]