LiteRing – Um Chroma Key Portátil

O LiteRing da empresa Reflecmedia trabalha em conjunto com o tecido chamado Chromatte. O anel de LED é posicionado em frente à lente da câmera e emite a luz necessária para iluminar o tecido e gerar o chroma, seja ele verde ou azul.

A lógica por trás do produto é que a queda da luz do LiteRing é muito rápida, então respeitando a distância mínima definida pelo fabricante a pele da pessoa irá receber uma quantidade ínfima da cor sendo emitida, já o tecido que fica ao fundo (chromatte) possui uma característica refletiva que o torna muito mais potente quanto à reflexão da luz.

5_3

Imagem: Reflecmedia

O produto trabalha com distâncias entre dois e quinze metros, sendo que em ambientes com pouca luz ele emite a quantidade necessária para o recorte. No entanto, utilizá-lo como fonte única de luz não é interessante pois parte da iluminação pode acabar caindo sobre a pessoa ou objeto. O ideal é uma iluminação básica com luz principal e preenchimento ou contra de potência média, pois luzes muito fortes podem acabar neutralizando a emissão do LiteRing.

No momento há três tamanhos disponíveis para tentar abranger DV, Broadcast e HD. O LiteRing se conecta como um adaptador à câmera, os tamanhos disponíveis são:

  • Pequeno
    72mm de diâmetro interno com adaptadores para lentes de 72 | 62 | 58 | 52 | 43 | 37 | 30
  • Médio 
    112mm de diâmetro interno com adaptadores para lentes de 105 | 95 | 94 | 86 | 82 | 80 | 77 | 72 | 67
  • Grande 
    147mm de diâmetro interno com um adaptador para a lente de 127

Caso a lente que o cliente utilize não esteja entre as especificadas é possível entrar em contato com a empresa  e pedir a produção de um adaptador personalizado. Não há uma expectativa de vida definida, ela dependerá da intensidade de uso e a fabricante se apoia nos dados sobre LED’s que apontam sua longa durabilidade. A luz é alimentada por um controle da própria empresa que permite ao usuário trocar a saída entre verde e azul, além disso há 256 intensidades possíveis.

Chromatte

Chromatte é o nome do tecido desenvolvido especialmente para chroma, ao contrário dos tradicionais azul e verde em luz ambiente este tecido é cinza. Ele contém milhões de pequenas lâminas de vidro que agem como refletores. Quando a luz atinge o tecido, ela retorna no mesmo padrão para a câmera. tornando-o ideal para o uso com o LiteRing.  O produto em si não é novo e na sequência há uma publicação de Philip Bloom explicando visualmente como o LED funciona:

Considerações Finais

Com seu preço em torno de $1,900 este kit realmente não é um investimento baixo, apesar de um pouco salgada a solução é interessante para caso específicos. Ela pode trabalhar muito bem nas gravações em espaços internos e pequenos. Quando não há recuo suficiente geralmente dois problemas afetam o chroma tradicional: o spill muito forte na pessoa e a sombra dela que atinge o fundo.

Pelas imagens no vídeo parece que isso não é um problema, a tecnologia do tecido consegue suprimir a sombra projetada. O que dá mais liberdade ao iluminar a pessoa, pois muitas vezes a sombra precisa ir para baixo quando não há espaço, de certa forma “amarrando” qualquer possibilidade de iluminação. Já com o LiteRing a preocupação fica apenas em definir qual o limite da potência da iluminação que começa a afetar o recorte.

Deixe seu comentário

comentários

Tagged under: , , , , , , ,

Pin it

Graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos, já passou por diversos ramos da comunicação e atuou no Brasil e Canadá. Atualmente trabalha em São Paulo onde executa as funções de filmmaker e editor.

Back to top
[i]
[i]