Oscar 2017 – Câmeras e lentes das melhores fotografias

Já virou tradição, todo ano após as indicações ao Oscar serem anunciadas uma lista com as câmeras utilizadas nas produções começa a circular pela rede (algumas também com as lentes, dependendo do nível de destalhes divulgados pelas produções dos filmes).

Esse ano daremos continuidade a esta tradição movida pela curiosidade de filmmakers por todo o Brasil e citaremos todos os detalhes dos filmes indicados na categoria mais condizente para este aspecto técnico: melhor direção de fotografia.

A Chegada (Arrival)

Diretor de Fotografia

Bradford Young, com 39 anos o americano também é conhecido pelos seus trabalhos em “Selma: Uma luta pela igualdade” e “O ano mais violento”.

Câmeras
Lentes
Processamento de arquivos
  • Captação feita em ARRIRAW 2.8K
  • Digital Intermediário 2K (formato de master)
  • Finalizado em 35mm anamórfico (Kodak) e D-Cinema

La La Land: Cantando Estações

 Diretor de Fotografia

Linus Sandgren, o Sueco de 44 anos também é conhecido pelos filmes “Joy: O nome do sucesso” e “Trapaça”.

Câmeras 
Lentes
Processamento de arquivos
  • Captação em película 16mm (uma cena com Kodak Vision3 500T 7219) e 35mm (Kodak Vision3 500T 5219, Vision3 250D 5207)
  • Processamento feito em Digital Intermediate 2K (formato master) e Panavision anamorphic (formato da fonte)
  • Finalizado em D-Cinema

Silêncio (Silence)

Diretor de fotografia

Rodrigo Prieto, o Mexicano de 51 anos possui um currículo invejável, ele já assinou a fotografia de “O lobo de Wall Street”, “Argo”, “O segredo de Brokeback Mountain” e “Babel”.

Câmeras
Lentes
Processamento de arquivos
  • Captado em 35mm (Kodak Vision3 250D 5207, Vision3 200T 5213, Vision3 500T 5219) e ARRIRAW 2.8K
  • Processamento feito em digital intermediate (formato de master)
  • Master scope (formato de fonte)
  • Finalizado em D-Cinema

Lion: Uma Jornada Para Casa (Lion)

Diretor de fotografia

Greig Fraser, o Australiano de 41 anos assina a fotografia de “Rogue One: Uma história Star Wars”, “A hora mais escura”, “”Deixe-me entrar”, entre outros.

Câmeras

Moonlight: Sob a Luz do Luar (Moonlight)

Diretor de Fotografia

James Laxton, o americano talvez seja o menos conhecido entre os indicado, ele assinou a fotografia de “Marcados pela guerra”, “Yoga Hosers” e “Tusk”.

Câmera
Lentes
Processamento de arquivos
  • Captação em SxS ProRes 4:4:4 (2K)
  • Processamento feito em Digital Intermediate 2K (formato de master) e Hawk Scope anamórfico (formato da fonte)
  • Finalizado em D-Cinema

Câmeras e lentes

Câmeras e lentes são apenas dois aspectos envolvidos na construção da imagem, existem vários outros fatores importantes para obter resultados incríveis. Por isso, esse post é muito mais para matar a curiosidade dos cinéfilos de plantão, do que necessariamente criar alguma “receita de bolo”.

Agora é possível assistir a cada filme ver o que estas combinações conseguiram entregar ao diretor e diretor de fotografia quanto à textura, compressão, nitidez, entre outros, pois geralmente é isso que os fotógrafos procuram quando escolhem determinada combinação de elementos, boa maratona!

Deixe seu comentário

comentários

Tagged under: , , ,

Pin it

Graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos, já passou por diversos ramos da comunicação e atuou no Brasil e Canadá. Atualmente trabalha em São Paulo onde executa as funções de filmmaker e editor.

Back to top
[i]
[i]