Versão Final do DaVinci Resolve 12.5 é Lançada

Agora é oficial, a Blackmagic Design anunciou no último dia 7 de junho a versão final do DaVinci Resolve 12.5. Quem acompanha o Cinematográfico já sabe que citamos a chegada do DaVinci 12.5 no post com as novidades apresentadas pela empresa na NAB 2016. Esta versão do software conta com uma atualização pesada que traz mais de 1.000 aprimoramentos e 250 novas características que incluem adições às ferramentas de edição, características de cor novas e aprimoradas, suporte HDR melhorado e novos efeitos.

1-resolve-125-prosuite

Recursos de Edição

Houve a inclusão de dezenas de recursos para edição, tais como swap e shuffle, sete operações de trim totalmente novas incluindo head e tail, ripple cut, comandos para colar e inserir e uma sobreposição de edição expandida com ripple overlay. Além disso, a perfomance da timeline foi bastante aprimorada  e editores podem usar arquivos nativos e otimizados para agilizar a edição. O novo viewer toca o vídeo em tela cheia, tornando mais fácil para clientes assistirem ao corte em laptops ou sistemas com um único monitor.

Há também uma maneira inteiramente nova de navegar nos vídeos através das waveforms. Agora existe a possibilidade de sobrepor o áudio ao clipe de vídeo no viewer. Essa é a maneira mais rápida de ir a diferentes partes do vídeo baseado em picos de áudio, áreas silenciosas ou outras dicas na waveform. Também há dezenas de novas opções de gerenciamento de mídia e metadata para tornar mais fácil assistentes e editores trabalharem com muitos arquivos.

4-resolve-125-edit

Um novo dicionário metadata de palavras-chave torna mais fácil escolher palavras pré-definidas e aplicá-las aos clipes. A metadata agora também pode ser importada através de arquivos CSV. As colunas de metadata da Media Pool podem ser customizadas e gravadas, cores podem ser associadas a clipes específicos e os marcadores podem estar em um único quadro ou em uma certa duração.

Os nomes de exibição, que estão presentes em todo o software, podem ser criados automaticamente baseados nas tags de metadata como cena, plano e take, o que pode economizar muito tempo em edições com muitos arquivos. Novas “power bins” na media pool permitem compartilhar conteúdo entre projetos, tornado-as boas opções para imagens, material stock e efeitos de som ou bibliotecas de músicas usadas entre projetos.

5-resolve-125-media

Os efeitos de variação de tempo (retime) possuem novos controles para a criação de efeitos customizados e outras variações de tempo. Agora há curvas para posição em quadros e velocidade de reprodução. Isso permite que qualquer quadro seja movido para algum ponto, além de permitir velocidades variáveis em qualquer quantidade de frames. Isso torna mais fácil a criação de efeitos com mudança de velocidade.

Para a animação utilizando quadros-chave a linha do tempo apresenta um editor integrado de curva que foi melhorado para que os clientes agora possam selecionar, mover e editar grupos de vários quadros ao mesmo tempo. Há também novos controles visuais para adicionar ou selecionar quadros-chave, bem como um menu para selecionar e editar parâmetros e curvas específicos. Além disso, há um novo recurso de zoom dinâmico que permite aos editores rápido reframe e pan, novas transições e a habilidade de editar múltiplas transições simultaneamente e salvar as favoritas como presets.

Correção de Cor

Para os coloristas o DaVinci Resolve 12.5 traz grandes aprimoramentos no editor de nós, agora é possível navegar rapidamente entre nós, trocá-los, selecionar vários com a ferramenta lasso, copiar o conteúdo, extrair nós, usar canais alpha embedados, entre outras coisas. Ao arrastar um grade da galeria os usuários agora têm a opção de jogá-lo em um único nó composto ou como um node tree expandido.

3-resolve-125-colour

Isso permite coloristas trabalharem ainda mais rápido, enquanto torna o programa mais intuitivo para editores aprendendo a colorir. Ainda há um novo point tracker único, slides novos para matiz e temperatura no controles primários de grade e os usuários podem selecionar e modificar múltiplos controles ao mesmo se estiverem trabalhando com uma janela power curve.

VFX e Fusion Connect

Foi também introduzido o novo ResolveFX, um framework para GPU nativa e aceleração de efeitos de CPU. Esta versão inclui plugins como o acelerador de transformações GPU de gamma e espaço de cor, juntamente como efeitos mais tradicionais como desfoque de lente, raios de luz, emboss, dent, vortex, espelhos, outros desfoques, brilhos, ripples, entre outros. Algumas das opções mais avançadas do ResolveFX como film grain, desfoque de lentes e flares estão disponíveis apenas no DaVinci Resolve 12.5 Studio.

Para um trabalho mais avançado de efeitos visuais o novo Fusion Connect permite aos usuários enviarem clipes diretamente para o Fusion. Quando as cenas são renderizadas fora do Fusion, ele substitui o clipe na timeline do Resolve. Conforme os efeitos são concluídos, os clipes do Fusion Connect no DaVinci Resolve podem ser atualizados para mostrar a última versão do plano.

Deliver Page

2-resolve-125-deliver

A página de export (chamada de deliver page) foi totalmente repensada tornando mais fácil achar presets, customizar definições de renderização e organizar trabalhos. O novo navegador em ícones permite aos usuários selecionar presets de saída incluindo uma nova exportação para Premiere, em conjunto com presets de ProTools, Avid, Final Cut Pro, Vimeo, Youtube e mais. Além disso, o áudio agora pode ser exportado de forma independente em um ou múltiplos canais e os clipes podem ser exportados com canal alpha usando codecs com suporte como o ProRes 4444, ProRes 4444 XQ e RGBA sem compressão.

Em câmeras como a URSA Mini 4.6K que já grava na latitude necessária para HDR o DaVinci Resolve 12 já havia sido mais usado para fazer o grade de conteúdo HDR que qualquer outro software. Agora a versão 12.5 traz maiores avanços nos controles sobre HDR, nós específicos podem ser definidos no modo HDR que permite as ferramentas de grading trabalharem em um dynamic range extendido desenvolvido especialmente para entregas em HDR como o Dolby Vision ou HDR10.

Formatos como o ProRes 4444 XQ e DNxHR agora suportam dynamic range extendido, o que os tornam uma boa opção para arquivos sem compressão 16-bit float. Com isso a Blackmagic se tornou a única empresa a oferecer soluções do iníco ao fim do fluxo do trabalho em HDR.

Deixe seu comentário

comentários

Tagged under: , , , , , ,

Pin it

Graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos, já passou por diversos ramos da comunicação e atuou no Brasil e Canadá. Atualmente trabalha em São Paulo onde executa as funções de filmmaker e editor.

Back to top
[i]
[i]