Conheça um Pouco Mais Sobre a Nikon D5

A Nikon começou a entregar sua nova D5 para algumas pessoas selecionadas, a câmera é uma das principais na linha DSLR da marca e compete diretamente com a Canon 1D.


Ela chega ao mercado americano com um preço ao redor de US$ 6.500, com relação à parte de vídeo, que é a que mais nos interessa, a câmera entrega 4K (UHD), no entanto, há um limite de três minutos de duração e um dynamic range um não tão alto, mas que ainda precisa ser confirmado.

Como não estamos entre os felizardos a receberem a câmera para review, dividiremos aqui as considerações de Johnnie Behiri do site cinema5d, na sequência alguns prós e contras relacionados a vídeo definidos por ele, após a utilização da câmera:

Prós da Nikon D5:

  • Qualidade de vídeo excepcional, nítida e bonita em 4K (UHD) a 125Mbit/s.
  • ISO bem limpo. É possível gravar confortavelmente a um ISO 6400, acima disso há ruído, mas ainda entrega um arquivo utilizável.
  • Perfil de imagem flat (segundo Behiri, o perfil parece um pouco estranho e não tão flat, mas funciona bem quando um LUT é aplicado).
  • Proteção em highlights, o que seria o equivalente a Zebra. A função é limitada e não há possibilidade de escolha de outros valores.
  • Função time-lapse nativa.
  • Vários botões de REC pela câmera.
  • Gravação simultânea 4K no cartão da câmera e em gravador externo.
  • Boa duração da bateria.
  • Entrada de fone de ouvido e microfone.
  • Controle de níveis de áudio durante a gravação.

Contras da Nikon D5:

  • Gravação em 4K (UHD) limitada a três minutos por clipe.
  • De acordo com os testes uma variação de 10 stops de dynamic range (uma análise completa será publicada em breve).
  • Dois slots diferentes habilitados apenas para o modo fotografia.
  • Baixo bitrate no modo HD (21Mbit/s).
  • Crop de 1.5 em 4K (UHD), o que torna essa câmera uma APS-C para gravações 4K.
  • Qualidade de áudio “delicada” ao usar microfone externo.
  • Sem ajuste de fones de ouvido após iniciar a gravação.
  • Sem ajuste de zoom após iniciar a gravação.
  • O touchscreen funciona para definir o foco, mas não faz a lente ajustá-lo automaticamente.
  • Sem tela articulada.

Ainda segundo ele, a câmera peca um pouco na ergonomia e operacionalidade pensando um único operador, o que pode dificultar alguns planos assim como diminuir as chances de operá-la em um gimbal sem nenhuma ajuda externa.

Confira um vídeo produzido com a nova câmera:

Quais as Expectativas

A câmera carrega o peso da marca Nikon e é uma das principais de sua linha fotográfica, tanto que as expectativas quanto a ela neste nicho de mercado são bem maiores.

Já quando falamos de vídeo, ela também entrega imagens de qualidade juntamente com a óptica Nikon, que sempre foi muito elogiada, mas ao pensar que se trata de uma câmera de US$6500, que convertidos para Reais ultrapassam facilmente cifras de R$ 25 mil, a figura muda um pouco de aspecto.

Dentro de uma faixa de preços menor existem câmeras com ótima entrega de vídeo, como uma Sony A7s II ou mesmo uma Blackmagic, o que tornaria a escolha da Nikon D5 para vídeo no mínimo excêntrica ou guiada por uma necessidade muito clara.

O que tudo indica é que a D5 continuará sendo uma câmera fantástica para fotografia, mas muito cara para vídeo devido às suas funcionalidades limitadas neste quesito. E você, trabalha com alguma Nikon nas produções dos seus vídeos? Conte para nós como é sua experiência com as câmeras da marca!

Deixe seu comentário

comentários

Tagged under: , , ,

Pin it

Graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos, já passou por diversos ramos da comunicação e atuou no Brasil e Canadá. Atualmente trabalha em São Paulo onde executa as funções de filmmaker e editor.

Back to top
[i]
[i]