Atomos Shogun Flame e Ninja Flame – O que está por vir

Os monitores da série Flame da Atomos estão chegando com grandes inovações. Serão lançados dois modelos, o Atomos Shogun Flame (SDI/HDMI)  e o Ninja Flame (HDMI), os monitores de 7″ chegam ao mercado com a tecnologia proprietária AtomHDR que de certa forma resolve o brilho em detalhes HDR (dynamic range), com 10-bit para cores entregando 64 vezes mais informação que o tradicional 8-bit presente nos painéis atuais, lembrando que 10-bit consegue exibir 1,07 bilhões de cores, já 8-bit consegue exibir 16,7 milhões de cores.

O que ocorre é que geralmente os monitores reproduzem suas imagens em Rec709 que é um padrão que garante cerca de 6-7 stops de dynamic range, já a tecnologia AtomHDR entrega 10 stops de detalhe na luminância e claro que muito mais detalhes de cores (1,07 bilhão). Os dois monitores tem corpos resistentes com bordas de plástico de alta qualidade, realmente pensados para ambientes hostis como a maioria dos monitores da Atomos, possuem também um sistema de alimentação contínua com duas baterias onde a passagem de uma para a outra é automática em caso de carga baixa, fora o novo sistema de alimentação que carrega as baterias três vezes mais rápido que o padrão.

produto

fonte: https://www.atomos.com/flame/shogun/

Até agora os monitores têm suporte para câmeras Sony, ARRI, Canon, RED, Panasonic e JVC. Em cenas sem tanta necessidade de variação da luminância você pode selecionar o modo tradicional de vídeo (Rec709) e ativar o controle de brilho no painel do monitor, nele você pode ativar o modo chamado “Daylight Viewable” e obter 1500nits de brilho no monitor, o que faz com que você consiga gravar (e ver o que está gravando) sem a necessidade de acoplar um hood ao monitor.

Como já vem ocorrendo em versões anteriores os produtos da Atomos não são apenas monitores, mas também gravadores e no caso da linha Flame as duas unidades são capazes de gravar 4K/HD direto do sensor para 10-bit 4:2:2 em Apple ProRes ou AVID DNxHR/DNxHD em SSD’s. Eles também possibilitam pulldown 3:2 e 2:2 no chamado “On the fly” que é a realização através do próprio aparelho, além de outras características avançadas de gravação como timelapse e Pre-Roll.

Entre as várias ferramentas do painel touch há também as relacionadas a foco e exposição, o monitor possui waveforms (LUMA e RGB) e VectorScopes para garantir que você consiga a melhor exposição.

tools

fonte: https://www.atomos.com/flame/shogun/

Os preços variam entre $1,700 para o Shogun Flame e $1,300 para o Ninja Flame, lembrando que pelo site oficial da Atomos o monitor Ninja chegará ao mercado em 28 de Março e o Shogun no dia 11 de abril. Stefan Czech gravou um review bem interessante sobre o produto, onde é possível ver os paíneis e controles em ação, vale a pena conferir.

Guia Técnico HDR

Desde o invento de monitores CRT (os famosos monitores de “tubo”) até o progresso para novas gerações com os LCD’s nós acabamos confinando nossas cores e brilho em um espaço chamado Rec.709. O máximo da capacidade de um CRT foi definido como 100% de entrada e representa 6-7 Stops de Dynamic Range.

Sendo cada Stop basicamente o dobro de luminância do anterior, nós então teríamos uma entrada de 64 (usando 2 como base), já os 11 stops vão gerar 2048 de entrada. A câmeras já passaram deste nível há bastante tempo e atualmente você acha fácil algumas com capacidade para 14 Stops ou mais, portanto ao mostrar Rec.709 você precisa escolher onde perder informação (afinal são 6 Stops), assim como imagens entrelaçadas e compressão de cor em 4:2:0, o Rec.709 é um padrão ultrapassado, embora ainda utilizado.

A solução para os operadores de câmera tem sido usar curvas LOG para mesclar e fazer os detalhes em 10-bit ou curvas Log com 10 stops. O desafio é que ao redistribuir os níveis de gravação dentro de Rec.709 que é o padrão, muito do brilho da imagem acaba sendo comprimida e a cena acaba com um visual “lavado” e não natural, deixando a cargo do operador “julgar” a exposição usando uma combinação de LUT’s, cartões cinza 18% e branco 90% que podem não só consumir muito tempo, mas também são uma técnica onde muitos se embaralham.

É aí que entra a mágica dos novos monitores da Atomos, se ficou interessado é só baixar o arquivo disponível no site clicando aqui onde eles explicam um pouco mais sobre o que vem com o HDR dos seus monitores. As especificações dos modelos (Shogun e Ninja, respectivamente) você pode checar logo abaixo:

features

fonte: https://www.atomos.com/flame/

Deixe seu comentário

comentários

Tagged under: , , , , ,

Pin it

Graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos, já passou por diversos ramos da comunicação e atuou no Brasil e Canadá. Atualmente trabalha em São Paulo onde executa as funções de filmmaker e editor.

Back to top
[i]
[i]