Anatomia de uma Cena – Spotlight

Spotlight – Segredos Revelados levou o Oscar de melhor filme em 2016, o filme conta como o Boston Globe conseguiu desmascarar o esquema de pedofilia que ocorria na arquidiocese local e acabou abalando a Instituição de forma global. A sequência escolhida é muito interessante pois apresenta várias abordagens diferentes de decupagem feitas pelo diretor, desde pequenos planos sequência a planos fechados de listas e telas de computador. Vale a pena conferir:

“Meu nome é Tom McCarthy e eu sou o co-roteirista e diretor de Spotlight: Segredos Revelados. Ok, nessa cena nós vemos Ben Bradlee Jr. interpretado por John Slattery reagindo a um possível novo número de padres “maus” levantado por Mike Rezendes, interpretado por Mark Rufallo e Michael Keaton que interpreta Robby Robinson. A gravação dessa cena foi simples, eu basicamente queria manter Keaton e Rufallo no mesmo quadro para ver as reações deles ao editor que está pressionando sobre a história a qual um pouco antes eles tiveram as informações em outra conversa de que talvez seis porcento dos padres poderiam estar fazendo isso. O que os levou a um número de cerca de noventa, baseado em mil e quinhentos padres em Boston.  Você vê Rob ter uma nova ideia aqui:

-Quanto tempo vai demorar?

-Muito tempo.

-Esper… a reunião acabou?

-Sim. Por enquanto.

E cortamos aqui para um plano único, nós fazemos tudo de uma vez. Começamos com a dolly aqui tentando criar a tensão na cena conforme esses dois descobrem uma nova abordagem para a investigação trabalhando com listas que eles acharam, usando-as de forma reversa. Aqui a dolly termina e fazemos uma pan com eles, deixamos eles irem embora conforme vão para o escritório Spotlight (Holofote) onde eles trabalham, claro…com o nome do filme sendo sportlight. E agora entramos em uma montage, começamos bem fechados com as listas para nos dar uma noção do trabalho que esses caras tiveram de fazer, foram três semanas procurando minuciosamente entre elas. Você vê que eles estão procurando por palavras como sick leave (licença por doença) ou unassigned (descontinuado), eles estão trabalhando de forma reversa para identificar os padres maus. Então isso se inicia no escritório spotlight e neste momento vamos ver Matt Carol que é responsável por inserir quase toda a informação, ele está pegando o que acharam e criando uma tabela do excel basicamente, com toda a informação que poderia ser útil.

E eles vivem com estes livros, levam eles para casa, em restaurantes, no metrô, foi uma tarefa muito intensa para que eles pudessem checar todo o material. Aqui vemos Sacha indo para a Biblioteca Pública de Boston, uma bela locação de Boston onde gravamos. Isso nos deu a oportunidade de gravar por todo lugar, por toda Boston, abrir um pouco mais o filme. E então finalmente estamos com Matt Carol na casa dele onde ele faz a descoberta desagradável(02:30).

Não sabemos o que é isso de imediato(02:35) pensando como o espectador, mas então vemos sua reação. Agora temos outro plano único, com uma steadycam atrás do Matt conforme ele caminha pelos arredores do seu bairro. Neste filmes nós fizemos muitos planos únicos, nós vimos que isso dava aos atores oportunidades fantásticas de ficar na cena e sendo bem franco nós tínhamos atores bons o bastante para segurarem a cena. Nós sentimos que isso acrescentava um senso de realismo ao filme e neste caso foi uma oportunidade maravilhosa de criar tensão enquanto ele passava pelo seu bairro tranquilo na escuridão da noite e finalmente nossa steadycam vai até ele aqui(03:17), vamos descobrir em breve para onde ele está olhando, uma casa da vizinhança provavelmente foram só uns setenta metros de onde ele mora. E nesta cena descobrimos qual casa é… é uma ordem para seus filhos ficarem longe… é um centro de tratamento onde a igreja colocava padres problemáticos até serem enviados para outras paróquias.”

Deixe seu comentário

comentários

Tagged under: , , ,

Pin it

Graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos, já passou por diversos ramos da comunicação e atuou no Brasil e Canadá. Atualmente trabalha em São Paulo onde executa as funções de filmmaker e editor.

Back to top
[i]
[i]