Construindo uma Cabine Fotográfica com uma GoPro

Você não vai acreditar no que este fotógrafo Dinamarquês criou com uma GoPro para o casamento de seu amigo!

Lars é um Dinamarquês que trabalha em Berlim tirando fotos profissionalmente para comerciais e moda. Quando lars descobriu que seu amigo, que estava prestes a casar, estava procurando sem sucesso por uma cabine de foto para seu casamento, Lars se ofereceu para criar uma cabine para ele.

Eu imediatamente sabia o que eu queria criar algo divertido e automático que parecesse com algo de um parque de diversões, ao invés de algo com uma DSLR e guarda-chuvas, por que tinha que ser algo diferente que fizesse as pessoas relaxarem ao invés de se sentirem intimidadas na frente de tanto equipamento

Lars Brandt Stisen

diy-photo-booth-stisen-001-500x670

Eu também sabia que queria usar uma câmera com lente grande angular por que isso cria imagens mais dinâmicas e divertidas. E também precisava ser algo resistente e portátil por que eu teria que colocar ela dentro de um taxi na hora de ir embora. Então a idéia foi integrar uma GoPro no equipamento.

Lars Brandt Stisen

diy-photo-booth-stisen-002 diy-photo-booth-stisen-003 diy-photo-booth-stisen-004

A GoPro (uma HERO3+ Black Edition) foi conectada a um circuito de timer que também controla os LEDs de 12V (essa cabine é capaz de funcionar em total escuridão) e uma campainha pra dar o feedback de áudio. É importante lembrar que tem que configurar a câmera para “spot-metering” para ter um resultado decente com as luzes.

diy-photo-booth-stisen-005

Eu disparava a câmera usando um controle remoto Wi-Fi que tem várias vantagens: É fácil de abrir e não tem chance de destruir a câmera além disso ele é capaz de controlar outras câmeras secundárias se você quiser por exemplo fotos de fora da cabine, ângulos diferentes da sala, da festa, etc. Como você deve saber tanto a câmera quando o controle remoto são recarregados quando estão conectados ao USB, o que é ideal para uso contínuo.

Lars Brandt Stisen

diy-photo-booth-stisen-006-565x670

O controle remoto só registra apertadas no botão com duração de menos de um segundo e o meu timer tinha intervalo mínimo de 1 segundo. Então faltando um dia para o casamento eu decidi fazer a campainha funcionar como disparador e conectei o martelo da campainha com uma superfície condutiva pra que desse um curto-circuito na volta e isso resolveu

Lars Brandt Stisen

diy-photo-booth-stisen-007

Algumas imagens da festa:

diy-photo-booth-stisen-008 diy-photo-booth-stisen-009 diy-photo-booth-stisen-010 diy-photo-booth-stisen-011 diy-photo-booth-stisen-012 diy-photo-booth-stisen-013

Ao apertar o botão industrial (que aguenta porrada de gente bêbada) começa uma seqüência cuidadosamente programada para reproduzir a sensação de uma cabine fotográfica. Quando alguém aperta o botão repetidas vezes durante o processo, essas apertadas são ignoradas pra evitar que haja interrupção.

diy-photo-booth-stisen-014

Aqui uma comparação entre a foto da câmera e outra com alguns filtros.

diy-photo-booth-stisen-015 diy-photo-booth-stisen-016 diy-photo-booth-stisen-017 diy-photo-booth-stisen-018 diy-photo-booth-stisen-019 diy-photo-booth-stisen-020 diy-photo-booth-stisen-021

E finalmente uma Selfie da Máquina de Selfies para terminar o negócio com estilo.

Segundo Lars a cabine virou um ponto de encontro na festa e foi uma sensação entre os convidados. Ele teve várias ofertas de vários convidados durante a festa que queriam comprar ou alugar a cabine antes mesmo de ver as imagens resultantes por que a cabine estava funcionando tão bem que eles nem duvidaram do resultado. Depois de mandar as imagens para os noivos, vários convidados estavam usando as fotos como foto de perfil no facebook.

Lars ainda pretende incrementar o equipamento integrando um tablet com software próprio adicionar filtros e ver o resultado ou já publicar online. Temas e materias diferentes para o gabinete também estão planejados para a cabine se adequar melhor a diferentes tipos de eventos.

Deixe seu comentário

comentários

Back to top
[i]
[i]